Como cuidar de um cão velhinho

Se você tem um cão que já chegou ou está próximo de completar 8 anos de vida, esse artigo é para você.

Diferentes tipos de cães envelhecem com idades diferentes. Em geral, raças menores envelhecem mais tarde, enquanto os gigantes chegam à Melhor Idade mais cedo.

Raças diferentes também envelhecem de maneiras diferentes. E raças excessivamente modificadas via de regra costumam apresentar sinais da idade e seus problemas mais cedo.

Organizamos uma galeria de imagens para mostrar as principais modificações pelas quais os cães passam à medida em que avançam em idade, e os cuidados que podemos ter para melhorar sua qualidade de vida e prolongar sua companhia por mais tempo.

PRIMEIRA PARADA: VETERINÁRIO

Check-ups regulares são essenciais para a saúde do seu animal de estimação, e se tornam ainda mais importantes com o avanço da idade. Doenças relacionadas à idade podem ser sutis, e os sintomas podem difíceis de identificar. Através de exames regulares e exames de sangue, o seu veterinário pode estabelecer uma linha de base do que é normal para o seu animal de estimação. Isso ajudará a alertá-lo quando algo não estiver certo. Se você notar alguma alteração no comportamento do seu animal de estimação, apetite, ou nível de energia, não se esqueça de verificar com seu veterinário. Animais de estimação sênior são aconselhados a ver um veterinário a cada seis meses.

ADEQUAÇÃO DA DIETA

Cães mais velhos são menos ativos e consequentemente necessitam de menos calorias. Limite o tamanho das porções e experimente incluir legumes frescos ou ração comercial de alta qualidade. É comum que cães mais velhos acabem ficando com sobrepeso, e a obesidade contribui para muitas doenças e coloca mais estresse sobre as articulações do seu animal de estimação. Os cães com problemas articulares podem se beneficiar da suplementação com glucosamina ou óleos de peixe. Há ainda alimentos especiais para melhorar problemas com doenças articulares ou mobilidade. Animais de estimação com doença renal ou cardíaca também podem precisar de dietas especiais. Seu veterinário pode projetar um plano de peso que aborde as necessidades nutricionais específicas do seu animal de estimação e fazer recomendações sobre suplementação ou uma dieta especializada, caso necessário.

MANTENHA SEU CÃO EM MOVIMENTO

Exercícios ajudam o seu animal de estimação sênior a manter um peso corporal saudável e a retardar a degeneração das articulações por artrite. Caminhar é excelente exercício. Comece com caminhadas curtas – 10 a 15 minutos cada – para, em seguida, aumentar gradualmente a distância. Ouça o seu cão: se ele parece cansado, é hora de parar. Muitos cães idosos tentarão manter-se com você e não saberão que alcançaram seu limite. Certifique-se de manter a água disponível e não passar longos períodos ao ar livre em clima excessivamente quente ou úmido. Se você tem acesso a uma piscina, natação supervisionada é um grande exercício de baixo impacto e é naturalmente relaxante para muitos cães. Coletes salva vidas podem ser usados para aqueles que têm problemas para manter a flutuação.

ATENÇÃO REDOBRADA À SAÚDE BUCAL

O cuidado dental é tão importante para animais de estimação como é para nós. Dental doença é dolorosa e pode tornar difícil que o seu animal de estimação sênior consiga se alimentar normalmente. Idealmente, você deve começar a escovar os dentes do seu animal desde estimação cedo, mas se isso não foi possível, existem outras soluções. O primeiro passo é um exame veterinário para identificar as condições dos dentes. Caso seja necessário, o veterinário providenciará uma limpeza profissional dos dentes, com remoção do tártaro. Em seguida, agende um acompanhamento regular dos dentes e tente realizar a escovação diariamente em casa. Se seu animal de estimação não permite que você escove os dentes dele, considere tratamentos dentários periódicos, dietas dentais ou brinquedos dentais projetados para ajudar a manter os dentes limpos e saudáveis.

REDOBRE OS CUIDADOS DE SEGURANÇA

Cães e gatos sênior podem experimentar perda de visão e/ou audição. Se este for o caso, você precisa tomar cuidado extra para mantê-los fora do caminho do perigo. Remova objetos perigosos de seu caminho e use portões de segurança para criar um espaço seguro para o seu animal de estimação quando você não é capaz de supervisioná-lo. Use sinais manuais para se comunicar com um animal de estimação com perda de audição. E, se seu cão sênior ou gato tem perda de visão de catarata, verifique com seu veterinário para ver se a cirurgia pode reverter o problema.

PROVISIONE ACESSIBILIDADE

Cães mais velhos e gatos podem desenvolver artrite ou outros problemas articulares, o que pode tornar mais difícil para eles se locomoverem. Você pode ajudar fornecendo rampas para ajudá-los a circular em torno da casa, levantar-se da cama ou sair de casa. Certifique-se de que as caixas de areia são facilmente acessíveis. As camas ortopédicas do animal de estimação, com ou sem elementos de aquecimento, podem ajudar a mantê-lo confortável e aliviar a pressão nas junções. Hidroterapia e massagem terapêutica também são terapias eficazes para cães com dor nas articulações. Consulte o seu veterinário para os tratamentos mais recentes e terapias.

ESTÍMULOS MENTAIS

Sim, você pode ensinar novos truques a um cão ou gato velho – na verdade, é uma ótima maneira de mantê-los jovens no coração. Tente matricular-se em um treinamento básico ou aula de truques com seu animal de estimação sênior. Você também pode dar-lhes “brinquedos de quebra-cabeça”, que exigem que eles ativamente descubram o quebra-cabeça, a fim de obter os alimentos no seu interior. Para cães e gatos, manter a abundância de brinquedos à mão, e envolvê-los em jogos interativos ajuda a manter suas mentes e corpos trabalhando.

CONTATO FÍSICO

Nada diz mais ao seu cão que você o ama do que uma boa esfregada na barriga. Com o avanço da idade do seu animal de estimação, o contato físico é mais importante do que nunca. Massagem terapêutica é ótima para animais com dor nas articulações, e igualmente agradável para aqueles sem. Animais de estimação que têm um tempo difícil durante o banho e tosa podem se beneficiar de uma escovação extra. Cada momento que você tem junto dele é precioso e aumentar a conexão física entre vocês torna a relação ainda mais prazerosa. Maximize cada oportunidade de conexão com o seu animal de estimação: o benefícios será de ambos.

Fonte: http://www.petmd.com

 

 

Salvar

Salvar

CAO.COM

A Cão.Com é uma Clínica e Hospital Veterinário para cães e gatos com uma Equipe multidisciplinar de mais de 30 Colaboradores. Contamos com uma estrutura completa para atendimento de emergências e procedimentos de alta complexidade, atendendo presencialmente 24 horas todos os dias do ano em nosso Hospital Veterinário no bairro Santa Mônica, em Florianópolis.
Conheça também as nossas Pet Shops e o serviço de Banho e Tosa em nossas duas unidades: na Av. Madre Benvenuta, no bairro Santa Mônica, e na Travessa Stodieck, no Centro de Florianópolis.

Deixe um comentário